COMO FAZER UMA PESQUISA DE MERCADO RÁPIDA – SUCESSO GARANTIDO

Se você já sabe da importância de conhecer o seu futuro cliente e não tem tempo para fazer uma pesquisa de mercado muito profunda, este artigo vai te ajudar.

Alguns empreendedores, profissionais de marketing e vendas gastam muito tempo planejando, pesquisando e nunca conseguem lançar suas ideias, produtos e serviços no mercado.

Não tenho dúvidas de que é muito importante conhecer o público-alvo. Para isso, uma pesquisa de mercado bem elaborada funciona muito bem para entender o seu futuro cliente.

Entretanto, começar logo e testar rápido o mercado é melhor do que gastar muito tempo fazendo uma pesquisa complicada, principalmente se você não tem muito dinheiro e tempo para investir nisso.

Por que fazer uma pesquisa de mercado?

Porque antes de iniciar um novo negócio, colocar uma ideia em prática ou lançar um produto, você precisa:

  • Entender o seu público-alvo
  • Conhecer seus fornecedores
  • Analisar a estratégia da concorrência

Reduzindo em miúdos, é para evitar perder tempo e dinheiro. Para não “quebrar a cara” apostando tudo em algo novo que você não tem certeza se vai dar certo.

Enfim, o que é uma pesquisa mercadológica?

Basicamente é uma ferramenta que vai ajudar você a tomar decisões. Também apoia o planejamento e a pesquisa de marketing.

É feita através da coleta de dados do ponto de vista do consumidor, com dados primários e/ou secundários.

(Relaxe. Falaremos sobre os tipos de dados já já.)

“Estamos todos aprendendo aqui, no final, os melhores ouvintes serão os mais espertos.” Charlene Li e Josh Bernoff

Veremos a seguir:

Vamos lá! 🙂

DIFERENÇAS ENTRE PESQUISA DE MARKETING E PESQUISA DE MERCADOpesquisa de mercado X pesquisa de marketing

A pesquisa de marketing geralmente é mais voltada para reconhecer oportunidades relacionadas ao Mix de Marketing, como produto, preço, promoção, distribuição, comunicação, concorrência, consumidor, entre outros.

A pesquisa de mercado também trata destes aspectos, mas, sob o ponto de vista do consumidor.

Poderíamos dizer que uma pesquisa de mercado é um tipo específico de pesquisa de marketing, com foco no consumidor.

Ambas são bem sucedidas quando podem orientar uma decisão. Neste artigo, vamos focar na importância de entender o consumidor e o mercado.

Tipos de dados e pesquisas de mercado

Existem diversos tipos de pesquisa. Neste artigo vou mostrar alguns caminhos simples para facilitar o lançamento de novos produtos ou negócios.

Seguem alguns tipos e metodologias de pesquisa de mercado mais populares:

  • Qualitativa – Geralmente envolve um pequeno número de respondentes. Exemplos: focus groups (grupo focal), entrevistas em profundidade e técnicas de projeção.
  • Quantitativa – Envolve um grande número de respondentes, exemplos: Inquéritos estatísticos, questionários e enquetes.
  • Técnicas de Observação – Observa-se fenômenos por período ou de uma vez. Exemplos: análise do uso de produtos e utilização de cookies para observar comportamento na Internet.
  • Técnicas Experimentais – Pode-se criar um ambiente “quase artificial”. Um exemplo são os laboratórios de compra.

Os tipos de dados coletados em uma pesquisa podem ser:

  • Dados Primários – Geralmente obtidos por questionários mais aprofundados. Podem ser feitos por conta própria ou por profissionais de pesquisa. São mais confiáveis, pois você sabe a procedência das fontes.
  • Dados Secundários – Costumam ser mais fáceis de obter e com menor custo, porque à coleta é feita em fontes já existentes, como sites, jornais e revistas, por exemplo.

Eu particularmente costumo iniciar com os dados secundários. Muitas vezes já são suficientes. Porém, existem os riscos de procedência dos dados.

Portanto, cuidado, busque sempre fontes com procedência.

Você pode saber mais em: SEBRAE e Wikipédia.

Vamos ver a seguir alternativas rápidas e simples para pesquisa de mercado, relacionadas com dados secundários.

7 DICAS SIMPLES PARA UMA PESQUISA RÁPIDA  – UMA ALTERNATIVA QUE FUNCIONApesquisa de mercado - 7 dicas simples

Vale lembrar, de maneira simples, que o empenho para uma pesquisa de mercado vai te ajudar a vender mais.

Você não precisa ter uma ideia mirabolante para lançar no mercado.  Precisa sim, criar algo que tenha uma quantidade significativa de interessados.

Começar com algo que seja útil e pelo qual as pessoas queiram pagar por isso é fundamental para que o negócio seja sustentável.

Então, antes de gastar tempo e dinheiro criando algo, vamos testar se isso realmente vai servir para o mercado com as 7 dicas abaixo:

#1 – Ame a causa

É muito importante que você tenha interesse pelo problema que pretende resolver. Tenha em mente que estará bastante envolvido em entender as necessidades do seu cliente.

#2 – Verifique se a demanda é real

Google it! É verdade, parece óbvio. Mas acredite, não deixe de ver a demanda daquilo que você pretende lançar no mercado no Google. Olhe as palavras chaves. Verifique:

  • Google Trends, para ver as tendências e demandas.
  • Planejador de Palavras Chave (adWords), para ver volumes de busca e sugestões.
  • Pesquisa direta no Google, para ver os resultados, palavras chaves relacionadas e analisar a concorrência.

#3 – Foque na dor/problema

Vai ser mais fácil vender algo para as pessoas que já sabem que tem um problema. Veja as dúvidas e problemas das pessoas nos Fóruns, Grupos do Facebook, em outras Redes Sociais e Blogs.

Acredito que com o foco na dor seja mais fácil vender.

Porém, você pode focar no desejo das pessoas, como por exemplo, ter status, ser respeitada e reconhecida pelos outros, entre outras satisfações pessoais almejadas pelos seres humanos.

#4 – Mostre que você pode resolver

Crie uma proposta de valor. Apresente para um grupo reduzido de pessoas, que enfrentam o problema identificado, como você ou sua empresa podem resolver a situação.

Isso vai servir para entender melhor o seu público, ajustar a sua solução e se certificar de que está no caminho certo.

Você pode fazer isso pessoalmente, por telefone ou vídeo conferencia, por exemplo. Uma página e/ou vídeo na Internet também são opções.

O importante é que você mostre que sabe como resolver e ajudar estas pessoas. Faça isso primeiro para uma pequena lista de possíveis clientes.

#5 – A sua solução precisa ser única

Você já ouviu um grupo reduzido de potenciais consumidores, pesquisou no Google e Redes Sociais.

Agora veja também o que os seus concorrentes estão fazendo, e crie uma solução diferenciada e melhor.

O seu preço não precisa ser necessariamente mais barato. Entretanto, a sua proposta deve ser irresistível. O valor percebido é que fará a diferença!

#6 – Falar com a pessoa ideal

Agora que já entendeu melhor o seu potencial cliente e concorrência, chegou a hora de especificar a sua Persona, e mostrar a sua solução para ela.

Primeiro, crie um documento em algum editor de texto com o máximo de detalhes possíveis do potencial cliente: dores, desejos, dados demográficos, interesses, entre outros detalhes.

Isto será o “raio X” do seu potencial cliente – público alvo.

Em seguida, identifique em sua rede de relacionamentos alguns destes perfis (Persona definida). Apresente e converse com estas pessoas para saber o que elas acham da sua proposta.

Se precisar, faça os ajustes finais, porque neste momento a sua ideia já deverá estar quase pronta para ser produzida e lançada no mercado.

#7 – Protótipo

Crie uma primeira versão da sua solução. Ofereça para um pequeno grupo testar gratuitamente em troca de feedback.

Para motivá-los a fazer isso ofereça algum bônus ou beneficio. Estas pessoas poderão se tornar fãs e ajudar a divulgar a sua solução para o mercado.

Como resultado desta fase você já terá uma visão bem realista sobre a sua solução. Com isso terá mais certeza se o mercado, de fato, aceitará a sua proposta de valor.

MITOS E VERDADES SOBRE UMA PESQUISA DE MERCADO

pesquisa de mercado - mitos e verdades

Meu negócio não precisa fazer pesquisa

Independente do tamanho do seu negócio, uma pesquisa de mercado sempre poderá ajudar:

  • A entender o porquê determinada coisa esta acontecendo no seu negócio.
  • Na tomada de decisão.
  • A criar uma estratégia para recuperar clientes.

Apenas os especialistas fazem pesquisas

Atualmente você conta com a Internet. Também com várias empresas que fornecem dados importantes, muitos gratuitos (ainda veremos algumas fontes de dados mais aprofundadas  neste artigo).

Porém isso não quer dizer que esta atividade não deva ser levada a serio. A verdade é que você vai precisar ter paciência e determinação para analisar e formatar os dados resultantes da pesquisa.

Pesquisas são muito caras

Fazer pesquisa não é tarefa fácil. Novamente, você conta com diversos serviços online para elaboração de questionários, por exemplo. A dica do Google, já citada aqui, é um caminho eficiente.

Pesquisas demoram muito

De novo a Internet. Ferramentas como as de pesquisa online, email marketing, analytics, entre outras variedades, podem acelerar bastante o processo de coleta e analise de dados.

Não se deve confiar em pesquisa da Internet

O número de pessoas que navegam na Internet cresce a cada dia, assim como os números de smartphones.

O anonimato que uma pessoa pode ter respondendo uma pesquisa do seu computador ou celular poderá deixá-la mais à vontade para responder a pesquisa. Em uma conversa telefônica, pessoal ou participando de um grupo focal, por exemplo, ela pode ficar intimidada.

Logo, este mito está sendo derrubado. Muitas empresas se beneficiam com dados coletados pela Internet, até mesmo pelo seu alcance.

Como já comentado anteriormente, deve-se ter cuidado com as fontes de dados! 

15 FONTES DE DADOS PARA UMA PESQUISA MAIS APROFUNDADApesquisa de mercado - 15 fontes de pesquisa

Várias empresas e sites fornecem informações aprofundadas sobre potenciais clientes e demandas de mercado.

Com as referências abaixo, você poderá obter dados muito valiosos para definir suas estratégias e entender o seu mercado. Seguem algumas fontes:

  1. Consumer Barometer
  2. SEBRAE
  3. ComScore
  4. ABEP
  5. Nielsen
  6. Socialbakers
  7. ASBPM
  8. Google Public Data
  9. Google Trends
  10. Google Palavras Chave (Adwords)
  11. Google Analytics
  12. Global Market Finder
  13. IBGE
  14. IDC (International Data Corporation)
  15. Gartner

 


+ 5 FERRAMENTAS PARA PESQUISA DE MERCADOpesquisa de mercado - 5 ferramentas

#1. CrunchBase / TechCrunch
É uma alternativa bem interessante para as startups. Fornece informações sobre startups ao redor do mundo, fundos e negócios que receberam investimentos.

#2. IpeaData
Mostra dados econômicos e sociais de diversas regiões entre outras informações e indicadores do país.  Vale a pena conhecer a ferramenta do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA).

#3. BizStats
É um recurso gratuito. Muito bom para pequenos negócios. Você pode encontrar estatísticas financeiras e diversas informações sobre faturamentos e investimentos de diversos setores.

#4. Survey Monkey
Permite criar e enviar questionários por e-mail ao público-alvo. Permite tabular e gerar gráficos de forma automática. A versão gratuita é limitada, mas oferece ótimos recursos.

#5. Google Drive
Você também pode criar um formulário e enviar aos entrevistados pelo Google. Abordagem parecida com a Survey Monkey (eu prefiro esta). 

COMO SUPERAR OS DESAFIOS DE UMA PESQUISApesquisa de mercado - superar desafios

Acredito que o principal desafio é agir. Para isso é importante sair da inércia, superar os mitos e parar de buscar desculpas para não fazer uma pesquisa de mercado.

Então, é preciso:

  • Dar o primeiro passo, começar de forma simples.
  • Pensar nas pessoas.
  • Entender o comportamento do público-alvo.
  • Aprender a interpretar dados.
  • Tomar decisões com base nos resultados.
  • Integrar / cruzar os dados online com os de outras plataformas, fontes.
  • Pensar “fora da caixa”, buscando novas alternativas.

RECAPITULANDOpesquisa de mercado - recapitulando

Você viu neste artigo:

  • Diferenças entre pesquisa de marketing e pesquisa de mercado
  • Tipos de dados e de pesquisas
  • A importância de ter cuidado com as fontes de dados
  • 7 dicas simples que funcionam:

#1 – Ame a causa
#2 – Verifique se a demanda é real
#3 – Foque na dor/problema
#4 – Mostre que você pode resolver
#5 – A sua solução precisa ser única
#6 – Falar com a pessoa ideal
#7 – Protótipo

  • Mitos e verdades
  • 15 fontes para uma pesquisa mais aprofundada
  • 5 ferramentas para pesquisa de mercado
  • O principal desafio é dar o primeiro passo

CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE COMO FAZER UMA PESQUISA DE MERCADOpesquisa de mercado - consideracoes

Considero a pesquisa de mercado é fundamental para quem deseja criar um novo negócio, lançar um produto ou serviço no mercado. Também, para testar ideias.

Acredito que fazer pesquisa de mercado pode ser muito mais prático e eficiente do que a maioria dos empreendedores e gestores imaginam.

Por fim, fazer uma pesquisa é importante para conhecer o seu público-alvo, definir estratégias e avançar na direção correta, potencializando as chances de sucesso nos negócios.

Ah! Vamos continuar esta conversa, será um prazer.
Deixe seu comentário ou dúvida abaixo.

Muita paz, alegria, saúde e prosperidade pra você,
Marcos Mihok 🙂

Que tal ajudar mais pessoas? Compartilhe nas redes sociais!

 pesquisa de mercado - MBITS - Por uma vida extraordinária

Veja também: